30.4.09

O Amigo Amaral e os canarios


Amigo desde infancia, vizinho até aos meus 18 anos (moravamos em andares diferentes do mesmo edificio), o Amaral só há 3 anos iniciou a "viagem " pela canaricultura.



Como muitas outras pessoas, este começou por ter um "canarinho" so para cantar! Apesar de todos os avisos, cedo deu conta que o gloster "Topete" iria ter mais companhia na marquise da cozinha! Acabou por juntar uns casais de gloster, um casal de Branco recessivo, um casal de vermelhos, e dois casais de mosaicos vermelhos.


No ano seguinte passou pelo segundo estadio da evolução do canaricultor: alargou horizontes!!!!!


Para tal, e com a ajuda de mais alguem, pos electricidade na garagem, pintou-a toda de branco e investiu numas baterias de criação de canarios. Construi mesmo uma voadeira!!!!

No inicio da epoca de criação desse 2º ano, já tinha preparados (alem das instalações) 14 casais de canarios, tendo no plantel, 2 casais de vermelhos,2 casais de brancos, 4 casais de mosaicos vermelhos, 3 casais de arlequins e 3 casais de Borders.

Este ano cria com 18 casais, tendo desistido dos brancos recessivos.

Felizmente trabalha numa cidade onde as lojas de animais sao um pouco mais bem apetrechadas do que aqui em Viseu, por isso acabou por se tornar o meu "serviço de entregas particular".




Que cries muitos e bons!!!!!!!!




23.4.09

O Amigo Nuno e as Aves


Conforme já referi anteriormente, calhou ao ultimo conhecido o privilégio de ser a "cobaia", o primeiro a ser posto a descoberto neste Blog.

O caso do Nuno é o exemplo (como tantos outros que devem haver por Portugal fora) de como a Ornitologia - e neste caso os canrios - aproximam pessoas que provavelmente nunca se viriam a conhecer se nao fosse o interesse e o gosto pela criação de aves!

Foi em conversa com um amigo meu não criador, que o Nuno veio a saber que havia em Abraveses (O CENTRO DO MUNDO) 3 pessoas que alem de criarem canarios, tinham a particularidade de criarem uma raça que já andava à coca há algum tempo.
Sem perder tempo, o Nuno, pediu contactos do Amaral, com o intuito de vir a adquirir experiencias e exemplares de Arlequins Portugueses (que mais?).

Uma coisa leva a outra, e no mesmo dia acabava eu e o Amaral por vir a conhecer o Nuno.
Alem de criar arlequins, não se desfez dos mosaicos, estando este ano a criar com um total de 9 casais de canarios .
Preocupa-se pela qualidade e nao pela quantidade (embora tal como eu pense que muita quantidade e muita qualidade é possivel ).
Morador na regiao de Tondela ja tem feito umas viagens ate aqui (e eu ate lá!!) para se por a conversa em dia.

Defensor acérrimo do arlequim ( porque o que é Nacional é BOM!) é uma das pessoas que ainda nao consegui apresentar ao Caldeira (mas fica a promessa feita). Federado no Clube de Coimbra porque tambem Tondela nao tem um clube de Ornitologia.

Ainda um dia destes juntamo-nos todos e fazemos um aqui em Abraveses.

NUNO: prepara os passaros devidamente, porque tenho que te ir aí "roubar" uns arlequins!

Os Amigos e as Aves

Alem de fazer uso deste blog como forma de divulgação das minhas preferencias, decidi aproveitá-lo tambem para divulgar aqueles que de uma forma ou de outra me ajudam e comungam do meu gosto pela ornitologia.
O lógico seria começar por aqueles que conheço à mais tempo (pelo Sr. Figueiredo, pelo Madeira, pelo Raul, pelo Luis, pelo Caldeira, pelo Amaral e pelo Nuno), contudo a oportunidade de obter imagens ditou que terei que começar mesmo pelo ultimo. Nao é que ele seja má pessoa (ó São Macario desculpa lá), mas a sorte assim o ditou.
Tentarei que de cada um deles tenha imagens das aves que criam, porem isso ditará a rapidez com que irei actualizar este blog.